Novo reenvio prejudicial de private enforcement da concorrência para o TJUE

Novo reenvio prejudicial de private enforcement da concorrência para o TJUE, num caso do Reino Unido do caso dos serviços internacionais marítimos (C-2/20 Daimler). Um tribunal de um Estado-membro tem jurisdição sobre pedidos de indemnização se o comportamento ocorreu inteiramente fora do território da UE? E se esse tribunal não era uma autoridade para efeitos do artigo 104.º do TFUE?

Para mais informações, ver aqui.